# Resenha - O Pergaminho Sagrado - Anton Gill - Editora Record

Olá pessoas queridas!!



O Pergaminho Sagrado

Anton Gill

Editora Record

Sinopse:

Quando um grupo de arqueólogos começa a investigar a tumba de Enrico Dandolo, o poderoso magistrado de Veneza e líder da sanguinária Quarta Cruzada, ninguém imagina as consequências catastróficas dessa pesquisa. O líder dos venezianos guardava muitos segredos e, antes de morrer, fez questão de dar instruções sobre como deveria ser sepultado, pois algumas informações precisavam ser enterradas com ele. Oitocentos anos mais tarde, após encontrar o túmulo de Dandolo, três arqueólogos são sequestrados e desaparecem sem deixar rastro. Tudo o que resta dentro da tumba é uma estranha chave com um antigo código inscrito. Assim, os agentes da Interpol Jack Marlow e Laura Graves são convocados para investigar o misterioso caso, e logo descobrem que Dandolo guardava a verdadeira história por trás dos Cavaleiros Templários. E que alguém quer evitar que seus segredos venham à tona.


Resenha:

Um objeto poderoso, que desperta o poder absoluto a quem o possuir, descoberto em Alexandria, por um padre chamado Ademar e que, oitocentos anos depois, desperta a curiosidade em uma pessoa misteriosa, faz com que um grupo de arqueólogos desapareça sem deixar pistas para que esse segredo não venha à tona durante uma escavação no túmulo do poderoso doge de Veneza, Enrico Dandolo e líder da sanguinária Quarta Cruzada.

Com o desaparecimento desses arqueólogos, uma organização de segurança começa a investigação para encontrá-los e desvendar o motivo desses desaparecimentos. 


Anton Gill nos apresenta acontecimentos em duas épocas.

Quando dos acontecimentos em 1.204 a.c e dias atuais.

A narrativa sobre a vida de Enrico Dandolo em ordem cronológica é apresentada de maneira clara e reveladora onde sua cruzada sanguinária matava cruelmente em nome de Deus e tendo em poder esse misterioso objeto, que ficou registrado em sua história, cria uma certa curiosidade, aguçando a busca do mesmo em dias atuais.

No início achei que a narrativa envolveria muita ação, devido Anton Gill apresentar aos leitores um detetive que encabeça essa investigação em torno do desaparecimento desses arqueólogos - e o simples fato da narrativa envolver arqueologia - um tema que me fascina, já foi o suficiente para me fazer interessar pelo livro.

Mas, infelizmente, a narrativa se tornou muito lenta, aquela visão de capa e sinopse, de que teria muita ação, aventura e um detetive pra lá de esperto ficou pendente.

Jack, o investigador de polícia, deixou muito a desejar, ao longo das minhas leituras policiais, que não foram muitas, onde essas poucas me conquistaram, eu esperava de Jack, o mesmo que encontrei nesses outros detetives que me prenderam já no início da narrativa, durões, "super-mega-inteligentes", que estão à frente de tudo, sem dúvida alguma, já desvendando tudo antes de qualquer um de sua equipe, são tão durões e perfeitos que beiram a arrogância, mas que nos prendem do início ao fim na leitura.

E não foi essa linha de investigadores que Anton Gill seguiu para criar Jack.

Jack é tão “lento” por assim dizer, que teve momentos que tive vontade de estapeá-lo para ver se ele acordava pra vida.

Agora, as narrativas em torno da Quarta Cruzada onde Dandolo foi líder e sua vida, fizeram jus ao nome de “Quarta Cruzada Sangrenta “, fiquei horrorizada com a facilidade que pessoas eram mortas em nome de Deus, Dandolo não media conseqüências para ter cada vez mais poder.

A narrativa é interessante, detalhada, bem elaborada, mas mesmo assim se tornou uma leitura lenta, quase arrastada, eu esperei, como disse no início da resenha, por algo mais cheio de ação. O tempo todo a investigação caminhou em passos lentos e sinceramente, Jack foi o investigador mais chato e aguado que encontrei até hoje, não entendi como o autor, com uma narrativa tão bacana como essa, criou um personagem tão sem atrativos como esse, não sei se fui eu que deixei passar a verdadeira essência do personagem e por isso ele não me conquistou ou faltou "sangue de investigador" mesmo. Não consegui me prender na história devido a isso, outra coisa que achei que ficou a desejar, Jack e sua equipe mais parecia arqueólogos e pesquisadores do que policiais investigativos.

Senti por não haver personagens marcantes que nos prendem já no início da leitura, me desculpem se eu aprecio investigadores durões, machões e super-inteligentes, mas acho características necessárias para um personagem à frente de uma investigação tão importante quanto essa para solucionar um enigma tão obscuro em Pergaminho sagrado, infelizmente faltou esses personagens para despertar a voracidade no leitor.

Mesmo assim não deixou de ser uma narrativa interessante e bem montada.

Essa resenha foi escrita originalmente por mim para o blog Escrev' Arte  no qual sou colaboradora.



Image and video hosting by TinyPic

5 comentários

  1. Oi, Rê!
    Não tinha ouvido falar desse livro. Mas gosto muito desse gênero, embora considere que ele é meio delicado. Ao se fazer um livro que remonte a idade média, ou o resultado será uma história empolgante repleto de descobertas e aventuras antológicas ou se terá uma história enfadonha que se perderá depois dos primeiros capítulos.
    Eu gostei da ideia desse livro, e fiquei curioso para conferir; apenas espero que ele não seja do segundo tipo,rs.

    Abraços,
    Diego.

    pecasdeoito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diego!

      Obrigada pela visita e comentário!

      Espero que goste da leitura se tiver oportunidade de ler esse livro, acho que cada leitor se identifica mais com um tema do que outros, se esse é seu estilo, creio que irá gostar sim.

      Bj

      Excluir
  2. Olá gosto de escrever e no meu site posto minhas palavras em poesias. Adorei seu site quero firmar contigo parceria.
    Site: www.ernando.tk

    Contato: https://www.facebook.com/DiasNando

    ResponderExcluir
  3. Olá Ernando!

    Obrigada pela visita e interesse, estarei entrando em contato!

    Bj

    ResponderExcluir
  4. Já coloquei seu cartão de visita no meu site olha lá.

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pelo comentário!
Volte sempre!!
Beijocas!!