# Resenha - O Húngaro que partiu sem avisar de Marcelo Antinori

Olá pessoal!!!

Vamos conhecer esse lançamento da Editora Cia Editora Nacional - Selo Lazuli !!






Título: O Húngaro que Partiu sem Avisar
Autor: MArcelo Antinori
Editora: Cia Editora Nacional - Selo Lazuli
Páginas: 271
Skoob
Avaliação: 
Quem era o húngaro que vivia no apartamento de baixo e desapareceu sem dizer para onde ia? A única pista que deixou foram alguns papeis escondidos nos vinte seis livros que guardava em sua estante. Aquela busca que começou com uma simples curiosidade de Bebei, o arquivista da embaixada da França, acabou revelando um intrincado mistério que teria de ser desvendado para salvar a pacata Santa Clara Frente ao Mar das ameaças escondidas nos planos do prefeito. Marcelo Antinori, nesta história que desde o inicio prende o leitor, nos convida a descobrir os segredo do misterioso hungaro ao mesmo tempo que nos leva a um passeio pela pequena cidade caribenha que guarda em sua arquitetura a memória de um passado colonial. Uma trama que combina pitorescos prsonagens locais como Grená que em baixo a seu guarda sol vende bilhetes de loteria, o filósofo que dorme na praça com seus gatos e aqueles loucos maltrapilhos que vivem e bebem nas escadarias da Igreja das Mercedes, a exóticos visitantes que parecem saídos dos velhos contos da guerra fria.



Resenha:

Santa Clara em frente ao mar, é o cenário onde Marcelo Antinori nos presenteia com esta empolgante narrativa sobre a vida de um húngaro metade cigano, que havia partido há 10 anos da pequena cidade sem que alguém tivesse notado. Somente quando Bebéi, um arquivista francês, que de uma maneira bem inusitada (vocês vão ter que ler para descobrir) tem em mãos cartas e arquivos comprometedores sobre a vida do húngaro, e por curiosidade resolve descobrir porque esse húngaro partiu sem avisar, é que começa a busca incessante ao tal húngaro misterioso.

A estória reúne personagens interessantíssimos e divertidos, tantos os que viviam na escadaria da igreja, os “pelagatos”que conta com um paranoico Coronel Vieira, Frida, uma esquerdista radical bêbada e vários outros personagens - diferentes - quanto os habitantes locais, como José Princesa, dono de uma livraria que à noite se transforma em Lola Marlene para se apresentar em um cabaré, como Pirilo o investigador de polícia jogador de dominó, entre outros.

E é assim que a trama vai se desenrolando com muita investigação, leitura das cartas, tradução de arquivos que muitas vezes se encontravam em outras línguas, e que  Bebéi vai juntando tudo com a ajuda desses amigos e consegue descobrir, além da partida misteriosa do húngaro e sua vida, um plano audacioso do prefeito corrupto para a pequena e pacata cidade que abala todos os habitantes.

Em meio à corrupção, agentes duplos, guerra fria, CIA, conflitos e genocídios, a narrativa se desenrola fluída e interessante. O autor consegue prender nossa atenção de maneira formidável através desses personagens com características próprias fazendo com que a trama seja muito bem montada, com  descobertas que se interligam uma à outra dando uma forma perfeita aos acontecimentos. Não deixa nenhuma ponta solta, tudo se descobre, se  liga e se explica. Encontrei alguns poucos erros na edição, porém eles não me atrapalharam a leitura.


Simplesmente formidável!!! Recomendo!

Essa resenha foi redigida originalmente por mim para o blog Escrev' Arte no qual sou colaboradora. 


Image and video hosting by TinyPic

6 comentários

  1. I will immediately take hold of your rss feed as I can not to find your e-mail
    subscription link or e-newsletter service. Do you have any?
    Please let me recognize so that I may just subscribe.

    Thanks.

    Also visit my webpage - education pioneers analyst fellowship
    (http://www.master-ingenierie-informatique.eu)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá !!
      É só clicar em participar deste site na barra lateral!!

      Bj

      Excluir
  2. Oi Rê, tudo bem???

    Acabei de ver no facebook que este livro vai ter noite de autógrafos em São Paulo hoje à noite... eu ia reclamar que na nossa cidade não acontecem estas coisas, mas me lembrei que no final deste mês tem Feira do Livro, aí me animei de novo. hahaha


    Beijos!!! Bela resenha! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nadja!!

      Verdade, é uma pena não termos essas coisas aqui...mas lembrando da feira do livro anima mesmo!!!! Loca pra ir !!!

      Bj

      Excluir
  3. Oi Rê tudo bem, parece ser bem legal esse livro, conheci ele aqui lendo a sua resenha,o titulo é bem sugestivo, a capa não curti muito mas isso é indiferente quando o conteúdo do livro é bom!
    bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani!!

      O livro é ótimo, realmente a capa poderia ter sido mais elaborada !!

      Bj

      Excluir

Olá, agradeço pelo comentário!
Volte sempre!!
Beijocas!!